Torpor

11,00

Disponível por encomenda a fornecedor

REF: 9789720032812 Categorias: , , Etiquetas: ,

Descrição

«O modo de Luís Adriano Carlos é a torrente, uma poética de certa demasia em que a função narrativa nos induz ao febril e ao impossível de conter. Diz-se por imperativo. Ainda que o sujeito poético seja ansioso na especificação, procurando aclarar, há uma urgência que nos convence também de sua deriva, verdadeiramente fazendo do verso um compulsivo desajuste, fascinado com sua própria encenação do rigor e ávido por entender como caímos, como somos feitos para cair.
O seu poema é um exercício de força, assunção de uma eloquente defesa perante o mistério do mundo e seus propósitos sempre torpes e falhos. Não é possível que retratemos o indivíduo sem abismo, e o que mais me impressiona nestes versos é a denúncia da pessoa como esse lugar do mais obscuro e, ao mesmo tempo, oportunidade de domínio, fúria ou euforia. Pressentimos sempre, perante certa miséria de se ser, a proximidade da revolta, aquela força que chega a ser também formal, dotando o poema de uma grade, uma armadura estrutural que o reforça enquanto inequívoco combate por palavras.
Nunca foi um poeta para as modas, Luís Adriano Carlos não se enquadra nem se arruma no que vá abundante num ou noutro tempo. É um estrangeiro. Caminha na solidão. Também isso é um tesouro.»

Valter Hugo Mãe

Informação adicional

de

Luís Adriano Carlos

Editora

Porto Editora

Edição

Setembro de 2020

Encadernação

Capa Mole

Páginas

48

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Torpor”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.