O Triunfo dos Porcos

7,50

Disponível por encomenda a fornecedor

REF: 9789722071581 Categorias: , , Etiquetas: ,

Descrição

Disponível a partir de 26 de Janeiro de 2021.

Após anos a serem explorados, os animais da Quinta Manor revoltam-se. O agricultor que os subjugava é expulso com violência, triunfa a rebelião liderada pelos porcos e instala-se uma nova ordem: “Todos os animais são iguais…”. Com os humanos fora da equação, os animais organizam-se.

Porcos, cães, cavalos e galinhas vivem durante um breve período uma utopia de igualdade. Mas cedo começam as intrigas, a organização social fratura-se, nasce uma outra hierarquia, e com ela uma adenda ao princípio fundador: “…mas alguns animais são mais iguais do que outros.” A frase completa-se, fecha-se o círculo, nasce um dos melhores romances do século XX.

O Triunfo dos Porcos, publicado ainda durante a Segunda Guerra Mundial, revelou ser a alegoria perfeita (e profética) sobre a ascensão ao poder de Estaline e a consequente subversão dos ideais revolucionários. Lida hoje, porém, é muito mais do que isso. É uma fábula sobre a queda moral dos regimes e a falência dos modelos teóricos de governação quando confrontados com a cupidez humana.

O mais popular livro de George Orwell, que foi recusado na altura por vários editores ingleses (inclusive pelo poeta T. S. Eliot) viria a tornar-se um raro fenómeno de popularidade. Considerado um dos melhores romances de sempre pela revista Time e pela Modern Library, foi (e ainda é) uma das obras mais censuradas da história recente.

É, nesta versão, apresentada com o prefácio original de Orwell (nunca publicado) e ainda com o prefácio que o autor fez para uma célebre edição em ucraniano.

Informação adicional

de

George Orwell

Editora

Dom Quixote

Edição

Janeiro de 2021

Encadernação

Capa Mole

Páginas

160

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O Triunfo dos Porcos”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.