O Museu em tempo de crises. O papel dos museus na resposta à crise dos refugiados na União Europeia do século XXI.

12,00

REF: 9789895469710 Categorias: , , , Etiquetas: ,

Descrição

Os conflitos armados vividos a sul do Mar Mediterrâneo marcam a diplomacia e as relações institucionais, económicas, políticas e sociais entre vários países, etnias, comunidades, sociedades e culturas. A atual crise dos refugiados é disso exemplo. De um lado, a União Europeia e os seus Estados-membro, do outro lado os Estados do Norte de África e do Médio Oriente. O museu, como agente de transformação, pode assumir um papel social na inclusão dos refugiados na Europa. Neste contexto, apresenta-se, numa primeira vertente, uma visão histórica sobre a função social dos museus e, em especial, sobre a importância que os serviços educativos possuem na tarefa de aproximar o museu das comunidades onde está inserido. Numa segunda vertente, expõe-se uma análise comparativa entre um enquadramento jurídico português do direito de asilo e um conjunto de considerações à luz do Direito da União Europeia, adotando-se uma perspetiva crítica sobre a efetivação desses direitos. A partir dessa análise, são procuradas respostas à atual crise humanitária dos refugiados que chegam à Europa através dos museus e dos respetivos serviços educativos.

Informação adicional

de

Luís Monteiro

Editora

Grácio Editor

Edição

Fevereiro de 2020

Encadernação

Capa Mole

Páginas

82

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O Museu em tempo de crises. O papel dos museus na resposta à crise dos refugiados na União Europeia do século XXI.”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.