Ideias para Uma Filosofia da Natureza – Prefácio, Introdução e Aditamento à Introdução

19,19

Descrição

As Ideias para Uma Filosofia da Natureza, de que aqui se publica uma tradução do Prefácio, da Introdução e do Aditamento à Introdução, são o resultado do crescente interesse de Schelling pelos fenómenos naturais, bem como dos seus estudos universitários nesta matéria, em Leipzig, 1797 – 1798. É ainda no quadro de uma filosofia transcendental, herdade de Kant e Fitche, que estas investigações são levadas a cabo. A natureza e a matéria são explicadas a partir da intuição e das características do espírito humano, como uma actividade entre duas forças antagónicas em conflito; por outro lado é este conflito que condiciona a nossa possibilidade de intuição dos fenómenos naturais. O mundo natural é o «analogon» visível do espírito, tal como este é matéria invisível. Nesta obra, Shelling formula um programa de investigações, de matriz leibniziana e espinosista, que condicionará largamente a sua actividade filosófica nos anos subsequentes. O seu resultado mais evidente é o abandono do quadro transcendental em que ela se movia e a ruptura com Fiche.

Informação adicional

de

F. W. J. Schelling

Editora

INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda

Edição

2001

Tradução

Carlos Marujão

Encadernação

Capa Mole

Páginas

176

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Ideias para Uma Filosofia da Natureza – Prefácio, Introdução e Aditamento à Introdução”

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.