Homo Creator – O génio e a perversidade da espécie que dominou o mundo

15,50

REF: 9789897244445 Categorias: , Etiquetas: ,

Descrição

Edward O. Wilson, um dos mais importantes cientistas vivos, fala nesta obra sobre a essência da natureza humana. O premiado biólogo explica por que razão a nossa espécie é altamente avançada e extremamente perigosa.

Homo Sapiens surgiu há cerca de 100 mil anos. Mas como foi a evolução para os seres humanos? Porque é que a criatividade é a característica determinante da nossa espécie? Como surgiu? Como se manifesta? Como nos distingue das outras espécies? E qual o seu potencial destrutivo? Ao narrar as origens e a evolução da criatividade, o autor revela-nos uma outra dimensão da humanidade.

A criatividade torna-nos especialmente avançados enquanto espécie, mas também nos dá o potencial para sermos extremamente perigosos, sobretudo no que respeita ao nosso planeta. Neste livro profundo e revelador, Edward O. Wilson procura saber como surgiu esta expressão humana única e fundamental e como se manifestou ao longo da história da nossa espécie.

Revelando grande sensibilidade e misturando meditações filosóficas com factos científicos, o autor demonstra que a criatividade teve início há mais de cem mil anos e narra a sua evolução desde os antepassados primatas até aos seres humanos. Os primeiros Homo sapiens tinham um cérebro e uma memória maiores, levando à elaboração de narrativas internas e, pela primeira vez na vida, a uma verdadeira linguagem. A partir daí, surgiu a nossa criatividade e cultura sem precedentes.
Wilson aborda ainda a importância da relação entre as humanidades e as ciências: o que se oferecem mutuamente, como podem unir-se e quais são as suas lacunas.
O passado e o presente da criatividade e da humanidade, e também uma proposta de mudança, para que, no futuro, possamos aprender mais sobre a natureza humana e aperfeiçoar a nossa relação com a natureza.

«O grande sucessor de Darwin.»
Jeffrey Sachs

«Wilson argumenta que precisamos tanto das ciências como das humanidades para perceber as origens profundas daquilo que nos torna humanos.»
Alan Lightman, físico, romancista e professor no MIT

«Um herói intelectual e magnífico divulgador da ciência a todos os níveis.»
Ian McEwan

 

«E. O. Wilson defende que a cultura e a criatividade têm raízes genéticas e remonta a origem da criatividade à pré-história humana, na savana africana.»
Economist

«Brilhante… Uma exploração concisa e meticulosa de como a compreensão humana será aperfeiçoada por uma ciência humanística e umas humanidades científicas.»
Kirkus Reviews

Informação adicional

de

Edward O. Wilson

Editora

Clube do Autor

Edição

Outubro de 2018

Tradução

João van Zeller

Encadernação

Capa Mole

Páginas

216

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Homo Creator – O génio e a perversidade da espécie que dominou o mundo”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.