Gente Pobre

12,90

Descrição

Romance epistolar, Gente Pobre marca a estreia de Dostoiévski na literatura, em 1846 -­ quando o autor tinha apenas 25 anos -­ ­­, e estabelece desde logo os fundamentos para uma abordagem social, psicológica e profundamente corrosiva da compreensão humana.

O autor transporta-nos para um dos bairros mais miseráveis de São Petersburgo, onde um funcionário de meia-idade troca correspondência com uma jovem costureira. Demasiado pobres para se casarem, o seu amor passa todo e apenas por cartas mantidas ao longo do tempo, que reflectem a cruel realidade do quotidiano num ambiente de extrema precariedade.

A análise pormenorizada das personagens e das suas convicções, enquadradas por um pano de fundo de crítica subtil, ganha em Dostoiévski uma força e um poder imagéticos que extravasam as páginas dos seus livros. Genialmente construído com um mínimo de descrição, este é um romance que obriga o leitor a reinventar tudo aquilo não é dito.

Informação adicional

de

Fiódor Dostoiévski

Editora

Editorial Presença

Edição

3ª edição
Abril de 2021

Tradução

Nina Guerra e Filipe Guerra

Encadernação

Capa Mole

Páginas

144

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Gente Pobre”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.