Confabulário

14.00

Descrição

«Dias há em que penso que a tarântula desapareceu, que se extraviou ou morreu. Mas não faço nada para confirmá-lo. Deixo sempre que o azar me volte a colocar frente a frente com ela, ao sair da casa de banho ou enquanto me dispo para ir para a cama. Às vezes o silêncio da noite traz-me o eco dos seus passos, que aprendi a ouvir, embora saiba que são inaudíveis.»

Informação adicional

de

Juan José Arreola

Editora

Maldoror

Edição

Maio de 2020

Tradução

Miguel Filipe Mochila

Encadernação

Capa Mole

Páginas

152

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Confabulário”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.