Canções Mexicanas

14,00

Disponível por encomenda a fornecedor

REF: 9789896412623 Categorias: , , Etiquetas: ,

Descrição

«No zócalo, um maluco que estava rodeado de fumos disse-me que tinha uma marca que ia do centro da testa até cada uma das pernas: uma marca que começava lá em cima num ponto único e se dividia depois: uma linha para cada perna. Era uma marca invisível, um caminho invisível: primeiro um sítio maldito que partia do centro da testa, mas depois a tinta maldita ia-se diluindo em traço, e de um traço único passava a dois traços, um para cada uma das pernas, traços cada vez mais finos, menos malditos, mais fracos, e chegavam os dois traços aos pés já quase sem forças, sem maldição, sem raiva»

«Porque é que havemos de pôr as coisas em termos de Nobel?! Talvez fosse preferível pensar-se “Poderão ser grandes escritores ou não?” (…) o mais cotado parece-me, sem dúvida, o Gonçalo M. Tavares. Sem dúvida.» [António Lobo Antunes]

«De onde vem esta alminha negra e libertária sem acinte?
Este talento tão só consigo mesmo, por mais referências que jogue? Esta frieza a quente.» [Maria Velho da Costa]

«Penso que há alguns grandes autores de ficção, ainda vivos e jovens . (…) um é o Gonçalo M. Tavares.» [Manuel Gusmão]

«Produz textos magníficos a uma velocidade alucinante.» [Armando Silva Carvalho]

«Um grande escritor.» [Mário de Carvalho]

«Porque esta arte do perigo, do medo, do improvável e mesmo do absurdo é um pressuposto essencial da escrita – foi-o para Llansol, continua a sê-lo para Gonçalo M. Tavares.» [João Barrento]

Informação adicional

de

Gonçalo M. Tavares

Editora

Relógio D'Água

Edição

Novembro de 2011

Encadernação

Capa Mole

Páginas

96

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Canções Mexicanas”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.