Anticlericalismo e Feminismo na Imprensa Oitocentista – Os artigos de fundo de Francisca de Assis Martins Wood

17,00

Descrição

Ao que tudo indica, Francisca Wood foi a primeira mulher em Portugal a reivindicar publicamente o direito ao sufrágio feminino. Este facto, por si só, deveria ter-lhe assegurado um lugar de destaque na história das ideias. Também foi a primeira a questionar abertamente a hegemonia da igreja católica no tocante à subordinação da mulher. Para tal efeito, valeu-se corajosamente da visibilidade e do prestígio intelectual que o formato do editorial desde logo lhe conferia.

Ao longo de dois anos, os seus artigos de fundo transmitem uma surpreendente autoconfiança e sentido de humor, na árdua tarefa de desconstruir preconceitos de género e práticas sociais profundamente enraizadas no seio da sociedade do século XIX. Pela sua tremenda ousadia, inédita para a época, Francisca Wood foi implacavelmente silenciada durante largas décadas. À distância de 150 anos, urgia disponibilizar os seus textos. a presente antologia convida-nos a conhecer, finalmente, a voz de uma mulher à frente do seu tempo.

Informação adicional

de

Cláudia Pazos Alonso

Editora

Edições Afrontamento

Edição

Janeiro de 2022

Encadernação

Capa Mole

Páginas

296

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Anticlericalismo e Feminismo na Imprensa Oitocentista – Os artigos de fundo de Francisca de Assis Martins Wood”

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.