Amamos, Porquê? A ciência por trás dos nossos afetos

17,70

Disponível por encomenda

Descrição

O que podem as ciências sociais e as ciências da vida dizer-nos sobre a mais fundamental e menos quantificável das experiências humanas, o amor?

Mergulhando nas diferentes formas de afetos a partir de dados da biologia, da química, da neurociência, da psicologia e da sociologia, Anna Machin procura, numa prosa envolvente e acessível, uma resposta tão inclusiva quanto o possível. Indo muito além do estudo sobre o amor romântico, a autora investiga também a amizade, a família, as relações poliamorosas, as famílias «escolhidas», o amor gay, o amor que sentimos por animais de estimação, por celebridades e por divindades. Mas a autora analisa também as consequências mais sombrias do amor – a sua natureza viciante que nos pode levar a sermos manipulados, coagidos e até vítimas de violência.

O seu objetivo é expandir a nossa compreensão e revigorar o nosso espanto perante as complexidades do coração humano. Baseando-se na tradição de escritores como Esther Perel, Alain de Botton, Erich Fromm ou Helen Fisher, a profundidade da investigação e a capacidade de empatia de Anna Machin representa um grande salto no eterno projeto de compreensão de nós mesmos.

Informação adicional

de

Anna Machin

Editora

Bertrand Editora

Edição

Janeiro de 20123

Tradução

Alexandra Cardosos

Encadernação

Capa Mole

Páginas

328

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Amamos, Porquê? A ciência por trás dos nossos afetos”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.