A Miséria do Tempo – Vidas suspensas pelo desemprego

15.90

Disponível por encomenda a fornecedor

Descrição

Disponível a partir de 5 de Junho de 2020.

A crise financeira internacional de 2008 desencadeou um novo tipo de mal-estar social e económico entre as sociedades europeias, rompendo o equilíbrio prevalecente nos Estados sociais desde a década de 1970. Aos choques no mercado laboral, juntou-se uma série de políticas que visaram a efectiva desvalorização do trabalho, a desregulação das leis laborais e da negociação e contratação colectivas. Cada vez mais pessoas em idade activa entraram em situações de precariedade ou de desemprego. o presente volume faz parte de uma grande investigação dedicada ao modo como esse mal-estar tem sido vivido, em Portugal, por grupos sociais fortemente afectados pela conjuntura económica.

Desta vez, o tema é o desemprego, flagelo que em 2013 atingiu um máximo histórico de 17,5%. Sem descurarem as estatísticas e as condições sociais objectivas, Renato Miguel do Carmo e Maria Madalena d’Avelar apresentam uma visão aprofundada, qualitativa, que destaca os modos subjectivos como as pessoas em situação de desemprego vivem e percepcionam a sua realidade e o seu tempo. Em testemunhos directos, ganham assim voz e visibilidade os actores sociais que estão normalmente arredados do debate público e da disputa política e social.

Informação adicional

de

Renato Miguel do Carmo e Maria Madalena d’Avelar

Editora

Tinta da China

Edição

Junho de 2020

Encadernação

Capa Mole

Páginas

256

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “A Miséria do Tempo – Vidas suspensas pelo desemprego”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.