A Mão do Oleiro

12,50

Esgotado

REF: 9789896412173 Categorias: , , Etiquetas: ,

Descrição

«um país informe.
Atravessei-o em combóios, bicicletas, carros. As pessoas vão. Têm todas o mesmo ar cansado de quem repete um caminho. As casas repelem-nas, as estradas repelem-nas, por isso o único lugar é esta viagem incessante. Há sempre gente a correr, como se tivesse um sítio que a esperasse, gente com o hábito de se lembrar, mas não com o sentimento da lembrança, gente que destrói o passado com uma persistência meticulosa: a casa onde nasceu porque a ela só a liga a pobreza, as paredes da cozinha, de um negro de fumo, ou as ruas dos bairros suburbanos onde à noite bandos de crianças partem os vidros das janelas, esvaziam os pneus dos carros, injectam-se nos vãos de escada ou nas pedreiras abandonadas, gente que não sabe que se pode recordar com alegria ou tristeza, cujo sentimento único é uma espécie de cansaço.»

«Donde se conclui que Rui Nunes renunciou à clausura significativa das narrativas e escolheu uma via claramente poética em que a palavra está entregue à sua errância.»

«Tudo isto está lá, impregna o livro, constitui a paisagem de violência sobre a qual se ergue o nosso mundo contemporâneo. Mas eu sou mais sensível aos aspectos menos referenciais e aos efeitos dessa paisagem em todos nós: o medo e a morte (…). E o medo é provavelmente a dimensão essencial, aquela que tudo domina e sufoca.»

«Um outro aspecto que ressalta da escrita de Rui Nunes é a capaci- dade de acender frases de uma beleza fulminante no corpo do texto.»

«Um livro extraordinário, portanto, de abertura ao real de uma forma densamente mediatizada, de grande inteligência e sensibilidade.

[Eduardo Prado Coelho, Público, 08/09/2006, sobre O Choro É Um Lugar Incerto]

Informação adicional

de

Rui Nunes

Editora

Relógio D'Água

Edição

Março de 2011

Encadernação

Capa Mole

Páginas

80

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “A Mão do Oleiro”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.