A Cidade que Não Existia

17,90

Disponível por encomenda a fornecedor

REF: 9789896715618 Categorias: , Etiquetas: ,

Descrição

 
«Este não é um livro de imagens (só) sobre a Amadora. É um retrato de Portugal e dos portugueses. Revejo aquelas caras dos anos 70 na minha Escola Primária do Alentejo, todos índios, sujos e (sejamos sinceros) um pouco ranhosos. A pobreza era o denominador comum — sendo que havia um grande fosso entre o ‘remediado’ e o pobre, entre a janela do apartamento e o outro lado da ribeira. Estes são os portugueses de antes, mas também os de hoje. Nos anos 70, Alfredo fotografou na Amadora um país que já não podia existir, mas que teimosamente queria estar só no mundo.

Voltou 50 anos depois para fotografar o país a ser, a rir — a querer ousar. Apanhou um país suspenso, num pânico enclausurado — a antítese do que quer para o seu trabalho. Viu ruas sem gente, caras tapadas por máscara e sem expressão, aquele momento em que se está a cair no abismo e ainda não se sabe como vai ser o impacto.»
— Luís Pedro Nunes (autor do texto do livro)

Informação adicional

de

Alfredo Cunha

Editora

Tinta da China

Edição

Outubro de 2020

Encadernação

Capa Mole

Páginas

208

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “A Cidade que Não Existia”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.