Com uma escrita delicada e única, Robert Jones, Jr. invoca as vozes dos escravos, desde Isaías e Samuel a todos aqueles que carregaram a alma das plantações americanas sobre os ombros, e devolve-lhes a dignidade de amar. 


Há textos escritos ao longo de doze anos, desde a época em que Sylvia Plath era estudante universitária até 1962, o ano anterior à sua morte. E também desenhos e poemas, testemunhando a vida e a obra de uma das principais poetas de língua inglesa do século xx, autora de Ariel e The Colossus.

A poesia de Anne Carson tem sido caracterizada pelos críticos como ‘ensaios’, ‘pequenas palestras’ ou ‘narrativas em verso’ numa voz singular.
Com o livro Vidro, Ironia e Deus a autora entretece diversos fios poéticos, antigos e contemporâneos, num conjunto de seis textos: cinco longos poemas e um ensaio final em prosa.

Miguel Bonneville

Sr Teste Edições

.

Um álbum que nos convida a ser pacientes, a fechar os olhos e apreciar o caminho!

Mais um volume na colecção Armazém Central de Régis Loisel e Jean-Louis Tripp, juntando desta vez os 6º e 7º livros originais.

.

MÚSICA NEGRA é um dos mais livres e radicais exercícios de crítica musical. Nesta reunião de ensaios, recensões, crónicas e considerações pessoais, Amiri Baraka retrata a florescente cena do free jazz norte-americano dos anos 60.

O já lendário romance de Pierre Guyotat, recheado de obscenidades e atrocidades várias, disponível agora em português pela mão da DeStrauss.


Novidades Ficção


Novidades Não Ficção


Novidades Literatura Infanto-Juvenil


Novidades Música