Livros

Novidades

 

 


  A imagem pode conter: texto                              

                      Anoitecer no Paraíso de Lucia Berlin

 

Do Texas ao Chile, do México a Nova Iorque, Lucia Berlin vislumbra beleza nos lugares mais sombrios e pressente escuridão quando tudo parece ser cristalino.

Há um par de anos, o panorama literário mundial foi sacudido por uma colectânea de contos de uma escritora desaparecida e quase esquecida. Era Manual para mulheres de limpeza. A autora, Lucia Berlin, conquistou então o lugar que justamente lhe deveria ter pertencido antes: colocando-se entre os favoritos da crítica e dos leitores e ganhando comparações a Raymond Carver, Alice Munro, Anton Chekhov, Charles Bukowski.

A singular capacidade de Berlin para representar a beleza e a dor da rotina e da vida, a sua desarmante honestidade, o seu irresistível magnetismo, a sua subtil mas inquietante melancolia, as suas personagens tão próximas da vida. Tudo isto se encontra com grande intensidade em Anoitecer no paraíso, uma colectânea que é um deleite para os todos os leitores que se apaixonaram por Lucia Berlin ou um convite aos que ainda não o fizeram.

Volume indispensável da obra de Lucia Berlin, Anoitecer no paraíso foi preparado pelo filho da autora, e está recheado de pequenos tesouros da literatura, inéditos em português.

 

 

         Obras Completas de Maria Judite de Carvalho

 

 

 

 

 

       Princípio de Karenina – Afonso Cruz

 

 

Um pai que se dirige à filha e lhe conta a sua história, que é a história de ambos, revelando distâncias e aproximando-se por causa disso, numa entrega sincera e emocional. Uma viagem até aos confins do mundo, até ao Vietname e Camboja, até ao território que antigamente se designava como Cochinchina, para encontrar e perceber aquilo que está mais perto de nós, aquilo que nos habita. Um pai que ergue muros de silêncio, uma mãe que faz arco-íris de música, uma criada quase tão velha como o Mundo, um amigo que veste roupas de mulher, uma amante que carrega sabores e perfumes proibidos.

São estas algumas das inesquecíveis personagens que rodeiam este homem que se dirige à filha, que testemunham – ou dificultam – essa procura do amor mais incondicional. Uma busca que nos leva a todos a chegar tão longe, para lá de longe, para nos depararmos connosco, com as nossas relações mais próximas, com os nossos erros, com as nossas paixões, com as nossas dores e, ao somar tudo isto, entre sofrimento e júbilo, encontrar talvez felicidade.

                                                                  Edições VS

 

 

                                    Serpe, as Três Águas do Encanto

Esta é a fala da serpente. Ana Sofia Paiva apresenta-nos um poema encantado. Uma viagem pela consciência feminina que nos revela a cobra – o Dragão das Sete Cabeças, como narradora da génese e raiz da fertilidade. Este é um poema de uma beleza pura e que nos surpreende pela sua simplicidade. Ana Sofia Paiva revela-se uma poeta dotada de uma grande originalidade e lucidez. As ilustrações de LigeiramenteCanhoto, quais gotas de orvalho em folhas soltas, dão vida e cor ao poema.

 

 

 


Frida Kahlo: Uma Biografia

 

Uma obra de arte dentro de uma obra de arte Uma bela biografia da pintora mexicana Frida Kahlo ilustrada com as imagens evocativas de Maria Hesse.

A vida de Kahlo, desde a sua infância, passando pelo acidente traumático que mudaria sua vida e sua arte, seu amor complicado por Diego Rivera e a feroz determinação que a levou a se tornar uma grande artista.
Inspirado pelas experiências da icônica pintora mexicana, este livro oferece um belo passeio ilustrado pela vida e obra de Frida Kahlo.

 

                              

                             

A Construção do Mundo

O mundo é montado todos os dias. Duvidam?
Procurem os agrafos nos cantos das nuvens, as torneiras que enchem os rios, a fita-cola que segura o sol no seu lugar.

Vencedor do Prémio Literário Branquinho da Fonseca 2017, atribuído pelo jornal Expresso e pela Fundação Calouste Gulbenkian.

 

 

 


 Música

                                 Linda Leonardo –  Eterno Fado

 

Linda Leonardo - Eterno Fado

Linda Leonardo Eterno Fado. Edição Arc Music.

 

 

 

 

 

     Soul of a Nation – Jazz is the Teacher, Funk is the Preacher

       

       

 

               Já Disponível Venezuela 70 volume 2

 

 

This is the second collection of music from Venezuela in the 1970s and beyond to be released on Soul Jazz Records. The album once again features innovative figures in the history of underground Venezuelan music, mostly unknown outside of their home country – their music a blending of progressive rock, jazz, experimental electronics and disco –created mainly in the 1970s – during a time when the country was both a cultural and economic powerhouse in Latin America.

While much of 1960s Venezuelan rock music emulated British and USA styles, and salsa dominated the dancefloors of Latin America, the 1970s saw the evolution of a new generation of creative local artists such as Vytas Brenner, Daniel Grau, Aldemaro Romero, Un Dos Tres Y Fuera who all explored the possibilities of mixing together rock with elements of electronica, funk, jazz, latin rhythms simultaneously exploring their links with Venezuelan roots music, creating a new sound which blended a multitude of new and old world influences, uniquely Venezuelan. 

Most of these artists featured on Venezuela 70 remain practically unknown outside of Venezuela’s borders and yet their progressive forward-thinking music is some of the most sophisticated in the world – a stunning ‘melting pot’ mix of sounds from the cosmic and psychedelic rock of Vytas Brenner to the Moroder-esque disco experimentation of Daniel Grau, and the tropical funk of Un Dos Tres Y Fuera and beyond.

Aside from the relatively known Vytas Brenner and Daniel Grau, most of the music on this album is incredibly rare (even in Venezuela)! The album is released as heavy double gatefold vinyl with full colour inners, exclusive text on artwork, CD with slipcase and large booklet, and digital album.

 

              Disponível a partir de 15 de Outubro

 

Resultado de imagem para 8435408099295
In this new album, Jordi Savall summons nothing
less than Terpsichore, one of the nine Muses.
Lively and colourfoul compositions by Telemann
and Rebel enable us to experience the apotheosis of
dance, at a time when the baroque repertoire had
reached its highest degree of sophistication.

 

 

 

 

 

 

Hubro Jazz

 

A imagem pode conter: texto